07 janeiro, 2016

...



todos os lugares são caminho
e em todos os caminhos há encanto

encontra-o em todos os passos

em todas as coisas
e nada mais te desejo...

que a cada dia

em cada rua
um homem te cumprimente
e uma mulher te sorria

e só por isso te encantes!


se no virar da esquina 

houver um beco sem saída
chama pela criança 
quase perdida
quase encantada

- só ela sabe 

como fazer uma escada
e abrir uma porta 
com um pedaço de giz
esquecido num bolso 

assiste ao pôr do sol

{a todos que possas}
como um colecionador de ocasos

começa amanhã

que ainda há tempo!

guarda-os todos 

no mais fundo dos olhos

que importa o Inverno

que chova
ou que haja mais nuvens que céu?

as nuvens são ninhos para sonhos

é lá que todos se aconchegam
- da criança ao homem
-do homem ao voo

começa amanhã

que ainda há tempo!

agarra o primeiro 

por entre o espanto das mãos
e diz-lhe o meu nome

fala-lhe de mim

como o pássaro azul
que guarda o mistério do sonho
até ao último raio de luz

Sónia M


Imagem, © Dmitry Sulimov






3 comentários:

  1. UN POEMA MUY INSPIRADOR. ME GUSTA MUCHO.
    ABRAZOS

    ResponderEliminar
  2. começa amanha que ainda há tempo
    e hoje ainda é tempo

    beijinho

    :)

    ResponderEliminar
  3. Todo o lugar tem um ocaso
    todo o tempo um acaso
    todo o homem um caminho
    toda a vida um destino

    Tenho muito gosto em ver e ler a poesia deste lugar.
    Um BFS.

    ResponderEliminar

NÃO SERÃO PUBLICADOS COMENTÁRIOS ANÓNIMOS