16 junho, 2014

Férias

Ouvir-lhe a voz foi regressar ao sentido das coisas.
Nunca soube conter as águas, dos oceanos que me flutuam nas veias.
Enquanto um tombava da janela, cavando estradas até à boca,
eu perguntava-me - porque saberão todos ao mesmo? 

Sónia M






Apesar do pequeno apontamento que deixei acima, nada ter a ver com esta música do Pedro Abrunhosa, é com ela que me despeço de todos vós. Estarei de regresso a este espaço em Agosto. Aos que por aqui permanecerem, deixo um forte abraço e um obrigada, pela forma carinhosa com que sempre me comentam.
Sónia M

21 comentários:

  1. Gostei do poema! Muito...

    Entretanto, boas férias :)

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Sonia.. que seja muito proveitoso o teu descanso.. para que volte com muitos poemas em breve.. sempre temos que nos dar um tempo.. seja para o corpo ou para a alma.. abraços e até sempre

    ResponderEliminar
  3. OI Sónia
    Vá descansar da labuta.
    Que Deus os acompanhe e abrace e se amem muito.
    Beijinhos Lua Singular

    ResponderEliminar
  4. [Nunca soube conter as águas, dos oceanos que me flutuam nas veias] e [cavando estradas até à boca]: duas metáforas geniais.

    ResponderEliminar
  5. Um grande beijinho, Sónia. Apenas isso. Gostei muito de a ter conhecido neste mundo virtual. Apesar de ser apenas através da escrita. Existem pessoas que valem a pena. Não se conhece pessoalmente, mas, sabemos, que valem a pena. Até Agosto :)

    ResponderEliminar
  6. Hola Sónia, buenas noches,
    un bonito tema musical...

    Será hasta siempre
    ten unas maravillosas vacaciones

    ResponderEliminar
  7. Olá, boa noite,
    porque é o mesmo que flui no coração...
    puxa...que bacana isso,férias...de coração,desejo que fique bem,cuide se bem,Deus te abençoe! Até o , aguardado ansiosamente por mim, retorno!
    Obrigado pelo carinho, belos dias,beijos!

    ResponderEliminar
  8. Boas férias amiga. Com certeza vais a Portugal, então, aproveites e curta muito cada momento por lá.
    Beijos e até a volta!!!

    ResponderEliminar
  9. OI SONIA!
    QUE ESTEJAS BEM E APROVEITES BASTANTE.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. assim, sem mais?

    que venha então Agosto e com ele o prazer de ler teus poemas...

    boas férias

    ResponderEliminar
  11. gostei muito do poema.
    e, então até Agosto!
    beijinhos

    :)

    ResponderEliminar
  12. Wish you a happy ,full of joke's life,see you again in cyberspace!
    xx

    ResponderEliminar
  13. Olá Sônia,

    Também nunca soube conter as águas dos oceanos que me flutuam nas veias e nos últimos dias elas têm sido torrenciais.
    Estou passando excepcionalmente aqui em razão de seu comentário e para deixar-lhe a minha solidariedade, já que nossas angústias são similares. Espero, do fundo do coração, que tudo fique bem com o seu pai. Trouxemos nossa mãe em ambulância UTI para Belo Horizonte, já que o Hospital de Lafaiete não tinha mais recursos para o estado dela. Ela encontra-se no CTI e em estado grave. Vê-la entubada ontem foi por demais doloroso. Que Deus nos ampare e fortaleça e dê a eles (seu pai e minha mãe) a graça da recuperação ou do alívio, conforme o caso.
    Grata pelo carinho. Que tudo fique bem com você.
    Até o nosso regresso.
    O vídeo emocionou-me.

    Beijão.

    ResponderEliminar
  14. QUE DISFRUTES TU DESCANSO.
    UN ABRAZO

    ResponderEliminar
  15. Oi, Linda..
    Eu chego e vc vai?! Rs.. Brincadeira, tô passando só pra deixar um beijo e um braço. A novela aqui, de entra e sai, ainda não terminou... rs. Quero te ver assim que vc voltar. Enquanto isso, fico com suas maravilhas escritas nos posts anteriores.

    Um beijão e ótimas férias. Divirta-se ;)

    ResponderEliminar
  16. Una Preciosidad de Poema lleno de Profundidad y Sensibilidad.
    Una canción lindísima llena de nostalgia y melancolía.
    ¡¡¡Felices Vacaciones!!!
    Abraços e Beijos.

    ResponderEliminar
  17. O teu "apontamento" é soberbo.
    Tem uma boas férias, querida amiga Sónia.
    Beijo.

    ResponderEliminar

NÃO SERÃO PUBLICADOS COMENTÁRIOS ANÓNIMOS