02 outubro, 2012

Pormenores... - Park Sorghvliedt, Antwerpen










Não posso deixar de fazer referência, ao pormenor das oliveiras, dentro do vaso...
Assim que as vi, pensei, - Meu querido Alentejo!!!!!
E por falar em Alentejo, li em qualquer parte, que ontem foi o dia Mundial do Alentejano!
Nem fazia ideia que havia um dia dedicado a nós, alentejanos! Mas também agora, há um dia para tudo!!
E juro, que neste post, eu ia falar deste lindo parque que visitei há dias! Mas ao passar as fotos...as oliveiras deram-me a volta à cabeça e ao post!
Há uma palavra, que um alentejano que se preze, usa para "rematar" tudo. A palavra "porra".
Eu sei, não é uma palavra muito bonita, mas quem ouve um alentejano a falar, ouve-a muitas vezes.
Seja para falar das condições climatéricas:
- "Está cá um briol, porra!" - quando está frio.
- "Porra, parece que estão a cair passarinhos fritos" - quando está calor.
Ou até mesmo para fazer a mais "linda" declaração de amor, a palavra, está lá sempre!
- "Gosto de ti, porra!"
- "Porra, não vês que te amo?"
O Alentejo é uma região fascinante, bem como as suas gentes e os seus costumes. Para quem não conhece, aconselho vivamente! Encontrar oliveiras a decorar um local, só me fez pensar, que era lá que eu estava, há pouco mais de um mês!
Espero que gostem das fotos que tirei neste parque em Antuérpia, mas, como sou alentejana, não resisti em lhes deixar também uma minha, tirada no Alentejo.
É caso para dizer, - Porra! Isto sim é uma oliveira!





37 comentários:

  1. Oi! Graças a você, partimos em uma jornada. Eu li e vi essas fotos. Cada experiência é única. E eu estou contente. Obrigado.

    ResponderEliminar
  2. Oliveiras dentro de vaso
    Com certeza azeitonas não dão
    A palavra "porra" não é pecado
    "Porra"peca quem nos tira o pão!

    Assim é que se fala amiga Sónia
    Também eu não sabia do dia do alentejano
    Ele está todos os dia na nossa memória
    Com toda a certeza que não me engano!

    O Adão perguntou a Eva
    O que é que os alentejanos
    tinham, que ele não tinha
    Eva respondeu têm vagar
    e tu tens pressa!

    Oliveiras e chaparros
    Azinheiras dão bolota
    No Alentejo encontrá-los
    A contar uma anedota!

    Alentejano de pelica
    Guardando as ovelhas
    "Porra" com elas grita
    Com a boina tapa as orelhas!

    Quando faz frio tá claro
    Não é preciso com o calor
    Encostado ao cajado
    Passa os dias o pastor!

    Gostei das imagens,
    de todas a mais linda
    adivinha qual é!

    Boa terça-feira para você,
    um beijinho
    Eduardo








    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porra Eduardo!!
      Gostei mesmo deste seu comentário!! :)
      Beijinho :)

      Eliminar
    2. Nasci e cresci no Ribatejo, mas tenho alma alentejana (digo isto muitas vezes) e é o que realmente sinto. Por falar em "Hoje é dia do de...", ontem andei completamente baralhada e receei falsos posts nas redes sociais...dia da água, dia da musica, dia do idoso e por fim também vi o dia do alentejano. Gostei das fotos Sónia e viva o Alentejo porra!

      Beijo

      Eliminar
    3. Maria, se não era o dia, passou a ser!!
      E até digo mais, se não foi ontem, passa a ser hoje!
      Que o alentejano, tem mais é que ter um dia, porra!

      Viva o Alentejo!!
      Beijinhos :)

      Eliminar
  3. Talvez chegue sedo, mas nunca é tarde, para conhecer as oliveiras da Antuérpia, na minha opinião, as do Alentejo são mais redondinhas e mais bonitas, porra!-:)
    Penso que não é tarde, para deixar o meu abraço e muito "Querido"!-:))

    ResponderEliminar
  4. OLÁ.
    MUITO LINDO ESTE LUGAR, PARABÉNS PELA POSTAGEM!

    BJS


    PATTY!

    ResponderEliminar
  5. Nossa Sonia, são lindas demais, porra.
    Além das fotos, adorei saber da cultura do Alentejo.
    Hoje vou dizer pro meu amor, eu te amo Porra, rsrsrs e depois explico.
    Bela postagem.
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Um abraço para uma alentejana cujo admirável e invulgar talento honra o Alentejo!

    ResponderEliminar
  7. Hola Sónia, buenas noches.
    fecicidades!
    hay un día para todo? jajaja parece que en todo el mundo es así!
    mi abuelo decía mucho "porra", pero jamás le pregunté por que!
    eso era común en él...
    porra esto
    porra aquello! =)

    te deseo una linda noche
    besitos

    ResponderEliminar
  8. De folhas de Outono se coroa uma tonta
    Lancei pedras sobre as ondas furiosas
    Teimosamente arde neste peito uma raiva
    E vi muito lixo num covil de raposas

    As coisas que um poeta vê
    As coisas que que invadem uma alma demente
    Num silencio contaminador, estonteante
    Ouvi palavras de amargo presente

    Cheguei finalmente a uma certa praia
    Fiquei encoberto por uma mancha de gaivotas
    Na impressionante fachada da minha alma
    Fecham-se com estrondo todas as portas


    Doce beijo

    ResponderEliminar
  9. Bela postagem minha amiga,,,belas imagens...beijos e uma ótima noite pra ti.

    ResponderEliminar
  10. kkkkkkkkkkkkkkk parece gíria de brasileiro né Sonia ?!"porra" cara até parece que voce não entende?kkkkkkkk

    Que lindas fotos! eu adoro ver coisas antigas!
    adorei seu texto,suas fotos!
    *****************************
    Abração e um beijão

    ResponderEliminar
  11. Que bonitos registros em imagens, Sónia.

    Um abraço!

    ps.: ia me esquecendo, "porra!"

    ResponderEliminar
  12. Realmente que Oliveira isso sim que é Oliveira...
    Lindas fotos Sonia...Vim Matar a saudade e convida-la a ler meu post sobre Primavera...flores estação essa que adoro...
    Tenha uma tarde de muita paz e abençoada..
    bjusssss

    ResponderEliminar
  13. Olá!Boa tarde!
    Sonia...
    Parabéns pela postagem e pelas belas fotos! Quantas lembranças boas, hein?
    Muito bom!
    Obrigado!
    Boa quinta feira!
    Beijos

    ResponderEliminar
  14. Uma noite repleta de poesias pra ti minha amiga e uma bela quinta feira....beijos e flores...

    ResponderEliminar
  15. Sônia são lindas as tuas fotos e muito bem tiradas. Eu adoro fotografar e de escolher lugares. Estou sempre com a máquina na mão e quando vejo..lá vou eu ..clic...clic. Tirar uma foto todo mundo tira mas dar vida e beleza à ela não é para qualquer um, não é? E para nós brasileiros a palavra ¨porra¨ tem um outro significado, bem mais vulgar, mas que também usamos quando estamos de cabeça quente...rsrsrs. Boa quinta e um beijo do tamanho do mundo para esta alentejana querida. Até!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suzi, a máquina fotográfica também me acompanha a toda a parte! :)
      Mas confesso, que esta minha pequena "paixão", apenas se revelou, após o nascimento do meu primeiro filho. Até peço desculpa aos entendidos na matéria, porque eu das técnicas desta arte, nada percebo! Fotografo com o único intuito, de registar os momentos que passo com os meus filhos. Quanto aqui à palavrinha, volto a pedir desculpa, a todos os brasileiros que aqui me visitam ;)Suponho que devem pensar, que os "Sussurros" endoideceram de vez :) ;) Um beijo enorme Suzi

      Eliminar
  16. Voltando...O visual ficou bonito, bem alegre, são plátanos não? adoro esta árvore, acho de uma beleza imensa. E não vais colocar uma musiquinha de fundo novamente no blog..porra?? Beijinhos!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto muito de plátanos, embora para mim, qualquer árvore ou planta, nasce com essa beleza imensa de que falas. Mas de todas, a que mais gosto é a oliveira! Porque será?!! :)Na próxima mudança que faça, talvez seja o que ponha!
      Quanto à musica de fundo, tive que a desinstalar. O MixPod também endoideceu, juntamente com os "Sussurros", deixou de funcionar corretamente! Beijos e mais beijos :)

      Eliminar
  17. A oliveira nasceu nas faldas do Monte Olimpo - É árvore sagrada!
    Foi dádiva dos Deuses à Terra e ao homem...
    Traz, no seu fruto maduro, o sabor amargo das amarguras da vida...
    E a lágrima de dor do negro luzente... torturado, esmagado, queimado...
    Acaba redentora... - calor ambarino, doce, suave sabor...
    E é curadora! - quando se junta às feridas do corpo...
    - E das feridas da alma - quando arde e ora na lâmpada do Templo.

    ResponderEliminar
  18. Por isso - e muito mais!...
    Oh! Alma Bela, sensível!
    Se gosta... de mais!

    Da árvore sagrada!
    Do fim do dilúvio!
    Da pomba branca...
    Da árvore da Paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Olímpio, é por tudo isso, que tão bem escreveste!
      Obrigada pelo excelente contributo :)

      Eliminar
  19. Hola Sónia, buen día...
    te he dejado un presente!
    http://rickyelvikingo.blogspot.com.ar/2012/10/por-siempre.html

    perdón por la molestia...
    besitos

    ResponderEliminar
  20. Porra de texto! rsrsrsrss Não acho que seja uma palavra feia, pois nos relacionamentos amorosos ela quase sempre se faz presente. Nos seres complexos é que rotulamos tudo. Isso pode aquilo não, essa palavra é feia aquela não etc.
    Alguns até com o cheiro da palavra implicam, outros com ela se deliciam.

    Eu gosto, faz parte de nossas vidas.

    Gostei mesmo! Vou volto.

    abração.

    ResponderEliminar
  21. Fiz um comentário,mas na hora de enviar sumiu!

    ResponderEliminar
  22. Olá Sónia, querida amiga!
    Estou de volta para me deleitar com suas magníficas postagens, e aproveito pra lhe deixar, além do meu abraço, os votos de um final de semana esplendoroso.
    Sejas feliz e até mais!

    ResponderEliminar
  23. a palavra realmente não é muito bonita!

    mas gostei do poste e das fotos.

    beij

    ResponderEliminar
  24. Hola Sonia precioso texto aunque mi traductor no me lo haga muy bien y a veces en los parrafos lo pierdo.... pero aun asi lindo¡¡¡¡

    Dentro de unos dias a final de este mes el blog de carta urgente hace un año y queria contar con algun texto de los lectores qeu entran habitualmente a el para ponerlo en una entrada de celebracion, con lo que te digo esto porque me gustaria contar contigo en el...
    Mi correo es
    belen_greece@hotmail.es con lo que sea me lo comentas en el vale?
    Un beso muy grande
    Belen.-

    ResponderEliminar
  25. Este pensador, viajeiro entre Sois
    Esta Ave pousada em mil embarcações
    Esbarco que passa sem vela ou remo
    Esta arca repleta de vibrantes emoções

    Esta mestiça flor de açafrão
    Este ramo de espinhos cravados na mão
    Esta alma que não ousa largar opinião
    Este homem vestido de solidão

    Bom fim de semana

    Doce beijo

    ResponderEliminar
  26. Já lá vão muitos anos que uma jovem me perguntou como se dizia amo-te em alentejano eu ingénue moço lhe disse que não,ela respondeu:
    Amo-te porra...

    Beijo.

    ResponderEliminar
  27. Bel post!!!

    Me piace molto tuo blog... passa da me se ti va!

    Buona settimana.. Bacii

    http://couturetrend.blogspot.it/

    ResponderEliminar

NÃO SERÃO PUBLICADOS COMENTÁRIOS ANÓNIMOS