21 outubro, 2013

Um olhar sobre o teu


Ainda me conheces?
Vejo-te perdido num labirinto secreto.
De cada passo teu, irrompem outros que te afastam.
Nos teus olhos trazes todos os desejos do mundo!
Sei que procuras o caminho que te traga de volta.
Talvez seja ainda a minha voz,
esse sussurro,
que te guia na penumbra da noite.
Desconheces-me tanto agora!
As tuas palavras tornam-se sílabas sem nexo, amordaçadas,
neste tempo de solidão acompanhada.
E bebo desse teu olhar perdido, sem de vista te perder.
Esta noite disfarço-me de sombra
e quando a luz do luar atravessar a janela do quarto,
irei apresentar-me a ti, dizendo o meu nome, uma e outra vez...
Amor...Amor...Amor...Amor...
Irei repeti-lo até ficar gravado nas tuas entranhas.
Irei repeti-lo até que me reconheças e me abraces novamente,
como quem abraça a vida!

Sónia M

(re-post)

17 comentários:

  1. E nunca duvides do poder da sombra na luz do luar...!
    Bom dia minha queridíssima Sónia!
    Maravilhosa semana!
    Beijinhos
    Maria
    Maria

    ResponderEliminar
  2. Bom dia!!
    Um amor desmedido e que deseja gravar na memória do amado a certeza desse sentimento.
    Gostei!
    bjs e excelente semana
    Ritinha

    ResponderEliminar
  3. Vária vezes repetimos a palavra amor,principalmente
    à quem amamos.
    Esse é o modo de demonstrarmos o quanto amamos
    e o quanto desejamos que esse ser lembre sempre dessa palavra,
    que sai de um coração apaixonado.
    Lindo poetar!
    bjs amigo Sonia e obrigada da visita e comentário.
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderEliminar
  4. Hola Sónia,
    buenas tardes,
    la imagen refleja tus palabras,
    el deseo que se repite en lo profundo de la noche...

    Te deseo una gran semana
    un beso

    ResponderEliminar
  5. Oi Sónia
    Um amor que tem que ser regado com palavras de amor para não morrer.
    O abraço é o toque mais propício para a aproximação de dois amores, mesmo que um tenha se perdido na penumbra.
    Linda a sua poesia e clamor
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  6. Por detrás da sombra da vida, reaparecem sonhos duma feliz juventude, como naquele mês de agosto, ao lado da americana, tendo sómente a luz da lua a iluminar ardentes desejos e a sombra da Torre do Relógio a marcar a hora da despedida!
    Foi apenas um grito de recordações...Cá vai aquele abraço.

    ResponderEliminar
  7. Por vezes é preciso perder-nos

    para nos encontrar

    ResponderEliminar
  8. OI SONIA!
    QUANDO O ÚNICO ELO EXISTENTE É O ECO DA PRÓPRIA VOZ...
    LINDEZA DE TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Sonia,
    Lindo! O abraço a vida só pode ser com amor.
    Que cada dia te traga um enorme bem! E essencialmente, o bem de não se permitir que ele finde sem que tenhas plantado uma mudinha de amor...em silêncio e modestamente, em algum coração.
    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Escreves bem pra xuxu...Um dia tens que compilar todos estes posts e investir num livro, o que é que achas da ideia, humm?

    ResponderEliminar
  11. e a vida precisa de ser abraçada com esse amor (terno e avassalador)

    muito belo.

    :)

    ResponderEliminar
  12. É um encontro ou um reencontro?

    Seja um ou outro, às vezes o amor tem mesmo que insistir...

    bjos

    ResponderEliminar
  13. Deixo aqui o meu comentário, que já exarei noutros sítios:
    "Ler este poema é como olhar, maravilhado, para uma catedral gótica. Sublime, no seu contexto e no seu enquadramento. Sónia M tira todo o partido da luminosidade da palavra, dando sentido ao seu intenso labor poético, que aqui partilha. Estamos em presença de um poema de amor, que merece estar em todas as antologias.
    Parabéns, Sónia M"

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde Sonia!
    Belo poema!
    Uma linda tarde para você!
    abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  15. Belissima poesia, Sonia !!! Um canto que atravessa a noite e que também nos alcança!
    Lindo, lindo!
    Beijos, Vilma

    ResponderEliminar
  16. Adoro isto :)

    Beijocas e um bom fim de semana, Sónia

    ResponderEliminar

NÃO SERÃO PUBLICADOS COMENTÁRIOS ANÓNIMOS