12 outubro, 2013



Sentei-me nas horas da tua ausência
deitei-me nos minutos de loucura. 


Pisei os segundos do silêncio
que me desfaz a garganta.

Preciso falar-te ou endoideço

mas quando chegas fico muda.

De nada me serve ter boca
ofereço-ta!

Bebe ou arranca-me da língua
as palavras que te guardo
como louca...

Sónia M


Ao Nuno
que comigo partilha a loucura dos dias.

23 comentários:

  1. Nossa Sónia!
    Quanto amor existe entre vocês e receber essa poesia ele deve estar "babando"
    Obrigada
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  2. Do fundo do coração,
    não é mesmo?
    Do fundo do teu ser...
    Eu gosto destas profundidades....
    abraço

    ResponderEliminar
  3. Uma bonita dedicatória. Felicidades.

    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Olá Sónia, lindo esse amor que perpassa no poema e foto! Beijinhos Ailime

    ResponderEliminar
  5. Ora aí está uma belíssima foto...é só amor e carinho!
    Gostei!
    :)))

    ResponderEliminar
  6. Que belo, O Amor! lindas palavras!
    Óimo final de semana.

    ResponderEliminar
  7. Uau...uau e outra vez uau!!! Nem comento a magnífica poesia fico-me pela sorte que tem o Nuno...Parabéns para ele também!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  8. Um magnífico poema de amor.
    Gostei imenso.
    Sónia, querida amiga, desejo-te um bom fim de semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  9. Perfumada linda flor!
    Amar assim, tanta loucura
    Beijos na boca, tanto amor
    Tanto carinho, tanta ternura
    Teu poema encantador!

    Obrigado pela visita,
    boa noite, bom fim de semana
    e bons sonhos, amiga Sónia,
    um beijo
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  10. Sentarse en cualquier ausencia puede ser un poco triste, pero tambien puede reconsiderarse el camino.

    Saludos desde USA.

    ResponderEliminar
  11. Quando ele chega todo o resto são detalhes... Até mesmo a ansiosa espera. Um poema revelador da intensidade do seu amor. Que lhe seja sempre belo!
    Grande beijo

    ResponderEliminar
  12. Para todos vós eu digo bom dia
    Hoje, não quero de tristezas falar
    Transmito-vos a minha alegria
    Por neste mundo convosco estar!

    Bom domingo para você,
    amiga Sónia, um beijo
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  13. um poema de amor!

    e é tão belo.

    parabéns aos dois.

    :)

    ResponderEliminar
  14. Intenso e arrebatador.

    Adorei o amor que tanspira em cada letra.

    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Oi Sónia!
    Como e´bom amar com intensidade, faz bem até para o coração
    Obrida." Volve"
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  16. Lindo Somia!

    O melhor de tudo nessa vida é ter com quem compartilhar..


    Beijos

    ResponderEliminar
  17. Uau.. isso é é poesia..

    Um beijo, linda ♥

    ResponderEliminar
  18. Grata, pelas vossas visitas e comentários.
    Uma ótima semana a todos vós.

    Deixo um abraço.

    ResponderEliminar
  19. Sendo assim confusa, amontoo todas as palavras que por trás da língua ficam escondidas
    e transbordo tudo em um papel qualquer com uma caneca qualquer, até preencher o vazio e dar voz ao coração.

    ResponderEliminar
  20. Sónia: Lindíssimo poema de amor, Parabéns.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderEliminar

NÃO SERÃO PUBLICADOS COMENTÁRIOS ANÓNIMOS